Mulher sentindo fortes dores na cabeça | Banner | Pronto Passou

Enxaqueca crônica: saiba mais sobre essa manifestação da doença

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a enxaqueca crônica é uma das doenças mais incapacitantes do mundo, fato que está relacionado à manifestação constante desse problema, com incidência em pelo menos 15 dias por mês. A cronicidade da enxaqueca pode acarretar problemas secundários, como depressão, ansiedade e apneia do sono, mas um diagnóstico preciso para enxaqueca crônica possibilita diversas opções de tratamento e uma melhora na qualidade de vida [1]. Descubra quais são as medidas eficazes no manejo da dor de cabeça crônica e quais são os sintomas da enxaqueca!

Náuseas e mudanças no apetite são sintomas da enxaqueca

A manifestação da dor da enxaqueca se dá nos dois lados da cabeça, nas partes frontal ou posterior. Ela raramente afeta a face. Essa dor é latejante e costuma piorar com movimentos ou esforço físico, além de na maioria das vezes ser moderada ou intensa. Outros sintomas da enxaqueca como náusea, tontura, falta de apetite e disfunções no trato intestinal podem aparecer. [1]

Outra característica particular da enxaqueca é que a dor pode estar acompanhada de sensibilidade extrema a luzes, sons e cheiros, o que é chamado de enxaqueca com aura. As auras podem causar efeitos como zumbido no aparelho auditivo, ponto cego no campo visual, além de comprometimento na capacidade motora, com fraqueza unilateral no corpo ou no rosto. No entanto, apenas 20% dos pacientes que sofrem de enxaqueca apresentam aura, geralmente antes dos episódios de dor. [1][2]

O que é bom para enxaqueca crônica?

Para que um tratamento de enxaqueca crônica seja bem-sucedido, é importante investigar as causas relacionadas a esse distúrbio. Para tal, é avaliado o histórico do paciente, muitas vezes de anos anteriores, a fim de mapear possíveis eventos que possam ter originado o padrão frequente das enxaquecas. [1]

Há três abordagens direcionadas para o tratamento desta doença: os tratamentos agudos, usados para aliviar a dor durante as crises, tratamentos preventivos, que servem para reduzir a frequência da enxaqueca, e mudanças no estilo de vida para evitar possíveis gatilhos. [1]

Os tratamentos agudos podem incluir a administração de analgésicos. No entanto, a frequência de uso deve ser cautelosa, visto que o uso excessivo de medicamentos pode agravar o quadro de enxaqueca crônica. Já os tratamentos preventivos, como o próprio nome já diz, são baseados no uso de substâncias em doses baixas com potencial de evitar crises. Além disso, mudanças no estilo de vida, como a regularidade da alimentação, sono e hidratação, podem ser úteis. [1] Um médico deve ser consultado para direcionamento de tratamento adequado.

TAGS : Dor e Sintomas, Dor de Cabeça, AnalgésicoDorlfex

Referências:

[1] Weatherall MW. The diagnosis and treatment of chronic migraine. Ther Adv Chronic Dis. 2015 May; 6(3): 115–123. - Consultado em 23/02/2021
[2] Shankar KN, Nagalli S. Migraine with Aura. StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2021 Jan - Consultado em 23/02/2021

MAT-BR-2101146

Matérias relacionadas

  • Homem com gripe e assoando o nariz | Miniatura | Pronto Passou
    gripe e resfriado
    2021-04-13DD.MM.YY
    A gripe pode causar dor de cabeça e tontura?
  • Quem nunca ouviu falar isso? Mas será que é verdade? Vem saber!
    dor de cabeça
    2021-03-30DD.MM.YY
    É verdade que o uso de uma compressa quente ou fria é capaz de amenizar o sintoma? Confira!
  • Você sabe o que significa o local em que se manifesta a dor de cabeça? Vem ver!
    dor de cabeça
    2021-03-30DD.MM.YY
    Dor de cabeça do lado direito: o que pode ser?