Mulher sentada no sofá sentindo enxaqueca, ao fundo existem crianças | Sanofi

Estresse pode ser um gatilho para enxaqueca? Saiba mais!

O estresse é uma grande fonte de dor de cabeça, literalmente [1]. A vida corrida, obrigações do trabalho e diversos outros fatores contribuem para essa sensação de tensão que está associada a vários transtornos psicológicos e físicos, dentre eles a enxaqueca, uma dor que pode se manifestar por causa do cansaço, do clima, de variações no sono, mas, principalmente, pelo estresse [1]. Saiba mais sobre a associação do estresse com esse quadro!

Estresse é responsável por praticamente metade dos casos de enxaqueca

O estresse é considerado o maior fator desencadeador das cefaleias primárias e cerca de 40 a 50% das crises de enxaqueca. [1] Elas geralmente acontecem alguns dias após situações de intenso aborrecimento ou eventos estressantes, que geram efeitos no organismo que favorecem a instalação da enxaqueca [1]. Um estudo investigando a significância do estresse na enxaqueca e constatou que 80% dos participantes (pacientes com enxaqueca) conseguiam identificar o estresse como sendo o maior dos gatilhos para as crises. [2]

Estresse e enxaqueca: como gerir os dois sintomas

O estresse é uma condição que pode comprometer tanto a saúde física quanto a mental [3][4]. Pacientes que relatam enxaqueca e estresse somados, geralmente em circunstâncias adversas, como desemprego, problemas conjugais, familiares e afins, acabam tendo maior tendência a desenvolver outros transtornos psicológicos, como a depressão [3]. Tudo está interligado e é necessário entender e aprender a controlar os sintomas para que essas doenças não se desenvolvam. Acompanhamento médico, inclusive, pode ser muito importante nesses casos.

Estresse: como administrar o problema?

O estresse muitas vezes é inevitável, mas é preciso aprender a administrá-lo, para que não se torne um problema geral, com várias repercussões negativas para a saúde em geral. No ambiente de trabalho, por exemplo, empresas podem tomar medidas sistêmicas para criar um ambiente mais acolhedor e com menos pressão, por meio da reestruturação de cargos, maior flexibilidade, mudanças na cultura da companhia e introdução de políticas de equilíbrio entre vida pessoal e trabalho. Algumas medidas, como a prática de atividades físicas, contato com amigos e familiares e um estilo de vida saudável em geral são boas formas de reduzir o estresse em um parâmetro mais individualizado [4].

TAGS : Dor de cabeça

Referências:

[1]: Bezerra FN, Valença MM. Enxaqueca e estresse: uma revisão integrativa. Headache Medicine. 2016; 7(1): 18-22 - Consultado em 05/05/2020
[2]: Moon HJ, Seo JG, Park SP. Perceived stress in patients with migraine: a case-control study. Journal of Headache Pain. 2017; 18(1): 73. - Consultado em 05/05/2020
[3]: Swanson SA, Zeng Y, Weeks M, et al. The contribution of stress to the comorbidity of migraine and major depression: results from a prospective cohort study. BMJ Open. 2013;3: e002057 - Consultado em 05/05/2020
[4]: Bhui K, Dinos S, Galant-Miecznikowska M, et al. Perceptions of work stress causes and effective interventions in employees working in public, private and non-governmental organisations: a qualitative study. 2016; 40: 318-325 - Consultado em 14/08/2020

MAT-BR-2001051

Matérias relacionadas

  • Mulher sentindo fortes dores na cabeça | Miniatura | Pronto Passou
    dor de cabeça
    2021-04-14DD.MM.YY
    Enxaqueca crônica: saiba mais sobre essa manifestação da doença
  • Vem saber mais sobre a dor de cabeça tensional e suas consequências!
    dor de cabeça
    2021-03-30DD.MM.YY
    Por que a dor de cabeça tensional causa pressão na cabeça?
  • Enxaqueca causas tipos e sintomas dessa complexa e dolorosa doenca
    enxaqueca
    2021-03-23DD.MM.YY
    Enxaqueca: causas, tipos e sintomas dessa complexa e dolorosa doença