Homem com a mão no pescoço sentindo fortes dores | Banner | Pronto Passou

Dores no pescoço podem ser um sintoma de estresse?

Não é incomum sentir dores no pescoço após passar o dia exercendo tarefas na frente do computador. Segundo um artigo publicado em 2010, a incidência de dor cervical no mundo varia entre 10,4% e 21,3%, com uma ocorrência mais alta entre pessoas que trabalham em escritórios e fazem uso constante de computadores. Embora alguns estudos relatem que entre 33% e 65% dos indivíduos se recuperam dos episódios de dor no pescoço em um ano, a maioria das pessoas tem diversas recaídas ao longo da vida, sofrendo com dores crônicas. [1]

De acordo com um estudo feito na Finlândia em 2003 sobre dor no pescoço em funcionários que trabalham na frente de computadores, os profissionais com maiores níveis de estresse e mais sedentários apresentaram maior risco de sofrer com esse problema.[2] Ou seja, as dores no pescoço decorrentes do trabalho estão relacionadas à tensão e ao estresse. Saiba mais!

Dor no pescoço pode ser um sintoma de estresse

Segundo Thiago Salati, neurocirurgião formado pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e especialista em cirurgia da coluna vertebral, a dor no pescoço pode ter várias causas. A principal é a chamada “dor miofascial”, também conhecida como “dor muscular”.

Para o médico, ela se caracteriza principalmente por pontos de tensão muscular associados à sensação de formigamento ou à dor exacerbada nessas regiões. Muitas vezes, é possível apalpar e sentir um pequeno ponto mais dolorido. “Esse tipo de dor cervical está diretamente relacionado ao estresse físico e principalmente psíquico. Também é frequente em pessoas com transtornos depressivos e alterações no sono”, informa o especialista.

Ainda de acordo com o profissional, quando o estresse está presente por longos períodos de tempo, os músculos ficam tensos. Essa tensão constante pode desencadear reações e distúrbios, como dores no pescoço, na lombar e na cabeça. Assim, uma rotina estressante, com muitas horas de trabalho, pode submeter o corpo a longos períodos de tensão e acabar provocando as incômodas dores no pescoço.

Como prevenir e tratar as dores no pescoço

O médico deve ser sempre consultado para fazer um diagnóstico preciso e prescrever o tratamento mais adequado para a dor no pescoço. “Descartando as causas mais graves, a prevenção e o tratamento são feitos a partir de mudanças nos hábitos de vida, como prática de esportes, deixar de fumar e ter um sono reparador, além da reabilitação com fisioterapia direcionada para o problema”, diz Dr. Salati.

TAGS : Dor no corpoDorflex

Referências:

[1] Hoy DG, Protani M, De R, Buchbinder R. The epidemiology of neck pain. Best Pract Res Clin Rheumatol. 2010 Dez;24(6):783-792. - Consultado em 30/12/2020
[2] Korhonen T, Ketola R, Toivonen R, Luukkonen R, Häkkänen M, Viikari-Juntura E. Work related and individual predictors for incident neck pain among office employees working with video display units. Occupational and Environmental Medicine 2003;60:475-482. - Consultado em 30/12/2020

MAT-BR-2100240

Matérias relacionadas

  • Mulher com duas crianças a sua volta | Miniatura | Pronto Passou
    dor muscular
    2021-04-14DD.MM.YY
    Estresse pode causar dor muscular?
  • Homem sentindo fortes dores | Banner | Miniatura | Pronto Passou
    analgésico
    2021-04-14DD.MM.YY
    Em quanto tempo um analgésico começa a fazer efeito?
  • Dor nas costas: que fatores contribuem para esse problema?
    dor muscular
    2021-04-06DD.MM.YY
    Dor nas costas: que fatores contribuem para esse problema?