Criança deitada com gripe e resfriado | Banner | Pronto Passou

Gripe e resfriado: crianças correm mais risco de complicações?

Gripe e resfriado são infecções virais que afetam o aparelho respiratório e que apresentam sintomas parecidos, como dor de garganta e tosse. [1][2] No entanto, a gripe pode causar mais complicações. [1] Conheça os grupos que correm mais risco de desenvolver complicações da gripe.

Gripe em crianças pode causar pneumonia

A gripe em crianças é considerada uma das principais causas de doenças respiratórias e os pequenos com até cinco anos de idade são os que apresentam maior risco. [3] Pessoas com problemas de imunidade, doenças crônicas, gestantes, idosos com mais de 65 anos e obesos mórbidos também são grupos de risco. [1]

As complicações podem ser neurológicas, cardíacas, musculoesqueléticas, relacionadas à gravidez ou respiratórias. [1] Em alguns quadros de gripe, há complicações mais graves, como a pneumonia. [1]

Em casos graves, a gripe em crianças e em outros grupos de risco também pode causar convulsões, meningite, miocardite e levar à piora de doenças cardiovasculares. Nas gestantes, há risco aumentado de mortalidade infantil e maior risco de o bebê nascer prematuro e com tamanho e peso abaixo das medidas ideais. [1]

Entenda a diferença entre gripe e resfriado

A diferença entre gripe e resfriado começa no tipo de vírus responsável pela infecção. Enquanto a gripe é causada pelos vírus da família Influenza (os vírus Influenza A, como o tipo H1N1, e B são os responsáveis pelas doenças clinicamente importantes), o resfriado é provocado por diferentes vírus como o rinovírus, presente na maioria dos casos. [1][2]

O resfriado em crianças costuma acontecer de sete a dez vezes por ano, o dobro da frequência em adultos, que são acometidos de duas a cinco vezes anualmente. [4] Em relação aos sintomas, os do resfriado são mais leves, como espirros, tosse seca, coriza, congestão nasal, dor de garganta e febre, quando aparece, como em algumas crianças pequenas. Os bebês que ainda estão sendo amamentados também podem apresentar inquietação, choro, falta de apetite, vômito, dificuldades para dormir e respirar. [5]

Geralmente a gripe, assim como o resfriado, é autolimitada em pessoas saudáveis, com recuperação entre três e sete dias. [2] Caracteriza-se por um início súbito de febre, dores musculares, mal-estar, fraqueza, tosse seca, congestão nasal, dor de cabeça e de garganta. Sintomas gastrointestinais, incluindo náuseas, vômitos e diarreia, também são comuns.

A transmissão da gripe - e do resfriado também - acontece por meio da tosse, espirro ou fala, quando o vírus entra em contato com o ambiente, ou pelas mãos levadas à boca, ao nariz e aos olhos, após o toque em superfícies contaminadas. [5] A vacina é a principal medida de prevenção da gripe. [1]

Como tratar gripe e resfriado?

Após o contágio, o tratamento das duas infecções virais é de suporte e inclui antitérmicos nos casos de febre, ingestão de líquidos para manter a hidratação, repouso e afastamento da escola, no caso das crianças, ou do trabalho, no caso dos adultos, até 24 horas após a resolução da febre para limitar a propagação a outras pessoas. [1] Também é importante fazer uma higiene permanente das vias aéreas congestionadas, incluindo a desobstrução do nariz com o uso de soro fisiológico. [2]

TAGS : Gripe e resfriadoNovalgina

Referências:

[1] Ghebrehewet S, McPherson P, Ho A. Influenza. The British Medical Journal. 2016; 355. - Consultado em 28/12/2020
[2] Allan MG, Arrol B. Prevention and treatment of the commom: making sense of the evidence. Canadian Medical Association Journal. 2014 Feb 18; 186(3):190-199. - Consultado em 28/12/2020
[3] Willis GA, Preen DB, Richmond PC, Jacoby P, Effler PV, Smith DW, et al. The impact of influenza on young children, their family and the health care system. Internacional Society for Influenza and other Respiratory Virus Diseases. 2019; 13:18-27. - Consultado em 23/12/2020
[4] Troullos E, Baird L, Jayawardena S. Common Cold Symptoms in Children: Results of aN Internet-Based Surveillance Program. Journal of Medical Internet Research. 2014 Jun; 16(6):e144. - Consultado em 23/12/2020
[5] Pitrez PMC, Pitrez JLB. Infecções agudas das vias aéreas superiores: diagnóstico e tratamento ambulatorial. Sociedade Brasileira de Pediatria. Jornal de Pediatria. 2003; 79(Supl.1):77-86. - Consultado em 23/12/2020

MAT-BR-2100241

Matérias relacionadas

  • Mulher deitada com gripe | Miniatura | Pronto Passou
    gripe e resfriado
    2021-04-22DD.MM.YY
    Resfriado: sintomas, causas e como tratar essa infecção viral muito comum
  • Homem tomando chuva | Miniatura | Pronto Passou
    gripe e resfriado
    2021-04-22DD.MM.YY
    Ficar com as roupas úmidas após uma chuva pode favorecer um resfriado?
  • Imagem de uma sopa saudável | Miniatura | Pronto Passou
    alimentação saudável
    2021-04-22DD.MM.YY
    Quais alimentos podem ajudar na recuperação de um resfriado?