Homem sentindo fortes dores | Banner | Banner| Pronto Passou

Em quanto tempo um analgésico começa a fazer efeito?

A dor é uma experiência sensorial e emocional desagradável que funciona como alerta de danos ao organismo. De modo frequente, pacientes fazem automedicação com analgésicos de venda livre para alívio da dor sem conhecimento prévio sobre os mesmos. [1][2][3] No entanto, entender como esse tipo de medicação atua sobre a dor no corpo e em quanto tempo um analgésico começa a fazer efeito pode ajudar a fazer com que o uso de remédios para dor aconteça de forma racional. Confira!

Como um analgésico inibe a dor no corpo?

Os analgésicos mais comumente utilizados no mundo são da classe dos não opioides, grupo que inclui a dipirona e paracetamol, já que são indicados para o alívio de dores leves a moderadas e frequentemente não necessitam de prescrição médica. [4]

A atuação desse tipo de remédio para dor varia de acordo com o princípio ativo. Por exemplo, o alívio da dor associado à dipirona, se deve à inibição da atividade da ciclooxigenase-3 (COX-3), enzima que desempenha um papel fundamental nos mecanismos de dor. Já o mecanismo de ação do paracetamol ainda não é totalmente compreendido, mas acredita-se que o alívio da dor se deva à inibição de uma COX cerebral. [5][6][7][8]

Em quanto tempo um analgésico começa a fazer efeito?

O início da atividade analgésica do paracetamol se dá cerca de meia hora após a ingestão oral, com duração média de 4 horas. O pico de concentração sanguínea desta substância ocorre em 45 a 60 minutos, podendo variar significativamente de acordo com cada organismo. [9]

A dipirona também começa a fazer efeito em média 30 minutos após a administração oral, atingindo a maior concentração plasmática em 2 horas. Além disso, o efeito no manejo da dor dura entre 4 a 6 horas, sendo posteriormente expelida pela urina. [10][11]

Atenção ao uso indiscriminado de analgésicos

Como grande parte dos analgésicos não opioides são de venda livre, o uso indiscriminado desse tipo de medicamento é bastante comum. De acordo com a OMS, os hospitais gastam de 15% a 20% de seus orçamentos para lidar com problemas decorrentes do mau uso de remédios. [8][3]

Para que efeitos adversos possam ser prevenidos, recomenda-se que os pacientes sigam as orientações da bula das medicações administradas. Dessa forma, evita-se que a dose diária máxima seja excedida, como também o uso prolongado de remédio para dor. [12]

TAGS : AnalgésicoDorlfex, Dor nas costas

Referências:

[1] Crofford LJ. Chronic Pain: Where the Body Meets the Brain. Trans Am Clin Climatol Assoc. 2015; 126: 167–183. - Consultado em 19/02/2021
[2] Arrais PSD, Fernandes MEP, Pizzol TSD, Ramos LR, Mengue SS, Luiza VL, et. al. Prevalência da automedicação no Brasil e fatores associados. Rev Saúde Pública 2016;50(supl 2): 1-11 - Consultado em 19/02/2021
[3] Abrão LM, Simas JMM, Miguel TLB. Incidência da automedicação e uso indiscriminado de medicamentos entre jovens universitários. II Encontro Científico e II Simpósio de Educação. 2009. - Consultado em 19/02/2021
[4] Cazacu I, Mogosan C, Loghin F. Safety issues of current analgesics: an update. Clujul Med. 2015; 88(2): 128–136. - Consultado em 19/02/2021
[5] Golar SK. Use and understanding of analgesics (painkillers) by Aston university students. Bioscience Horizons: The International Journal of Student Research. 2011 Mar; 4(1): 71-78 - Consultado em 19/02/2021
[6] Jasiecka-Mikołajczyk A, Maślanka T, Jaroszewski JJ. Pharmacological characteristics of metamizole. Polish Journal of Veterinary Sciences. 2014;17(1): 207-214. - Consultado em 19/02/2021
[7] Chandrasekharan NV, Dai H, Roos KLT, Evanson NK, Tomsik J, Elton TS, et. al. COX-3, a cyclooxygenase-1 variant inhibited by acetaminophen and other analgesic/antipyretic drugs: Cloning, structure, and expression. Proc Natl Acad Sci U S A. 2002 Oct 15; 99(21): 13926–13931. - Consultado em 19/02/2021
[8] Pinto NQO, Silva GA, Santos ECG, Brito N. Atuação do profissional Farmacêutico frente ao uso de paracetamol como medicamento de venda livre. FACIDER Revista Científica. 2015 Oct; 7. Published Online: 2016 Aug 16. - Consultado em 19/02/2021
[9] Vieira AL, França GG. As consequências do consumo indiscriminado do paracetamol e orientação farmacêutica à promoção ao uso racional. Revista Acadêmica Oswaldo Cruz. Abr-Jun 2015; 2 (6). - Consultado em 19/02/2021
[10] Magni AM, Scheffer DK, Bruniera P. Comportamento dos antitérmicos ibuprofeno e dipirona em crianças febris. J. Pediatr. (Rio J.). Jan-Feb 2011;87(1): 36-42. - Consultado em 19/02/2021
[11] Derry S. Single dose dipyrone (metamizole) for acute postoperative pain in adults. Cochrane Database Syst Rev. 2016 Apr; Published online 2016 Apr 20. - Consultado em 19/02/2021
[12] Institute for Quality and Efficiency in Health Care (IQWiG). Using medication: The safe use of over-the-counter painkillers. InformedHealth.org [Internet]. 2016 Apr 6. - Consultado em 19/02/2021

MAT-BR-2101146

Matérias relacionadas

  • Mulher com duas crianças a sua volta | Miniatura | Pronto Passou
    dor muscular
    2021-04-14DD.MM.YY
    Estresse pode causar dor muscular?
  • Dor nas costas: que fatores contribuem para esse problema?
    dor muscular
    2021-04-06DD.MM.YY
    Dor nas costas: que fatores contribuem para esse problema?
  • Dor de dente: a sensibilidade excessiva pode ser um fator relacionado a esse problema?
    dor no corpo
    2021-04-06DD.MM.YY
    Dor de dente: a sensibilidade excessiva pode ser um fator relacionado a esse problema?